O Marketing Digital até parece fácil!

O Marketing Digital até parece fácil!

Se dissermos que uma grande parte das estratégias de Marketing Digital das pequenas, médias e grandes empresas assentam, sobretudo, no Google e na META (ex-Facebook) arriscámos dar a entender que o marketing digital é simples.

Nada mais errado.

O conjunto de ferramentas de comunicação associadas a estas duas gigantes empresas internacionais é de tal forma vasto e profundo, que a execução de uma estratégia envolve inúmeros recursos.

Mas porque razão o monopólio da publicidade digital se concentra nestas duas empresas? Porque é que são mais complementares do que os concorrentes? Vamos descobrir!

GOOGLE

Um utilizador que acede ao motor de busca da Google é alguém que está, ativamente, a procurar algo. É alguém que sabe o que quer e faz uma pesquisa sobre isso. O motor de busca, através de um poderoso algoritmo, apresenta os resultados, empresas ou produtos que considera mais adequados.

É magia a acontecer? Sim, com o grande contributo dos especialistas de marketing digital que criam anúncios no Google Ads, fazem otimização dos sites das empresas (SEO), escrevem artigos (copywriting), otimizam os perfis empresariais do Google My Business, estudam palavras-chave recorrendo a ferramentas como Google Trends ou Google Webmaster Tools e avaliam resultados através do Google Analytics, para poderem melhorar a performance e ajudar a Google a melhorar o seu algoritmo.

Tudo isto acontece com o auxílio de um Departamento de Desenvolvimento Web que desenvolve sites, lojas online ou landing pages, necessitando para isso de um conjunto de skills para que tudo corra bem, como programação web, design, segurança, entre outros.

Aquilo que parecia simples deixou de ser em poucas linhas. Mas ainda vamos a meio, pois falta mencionar a “outra metade” da estratégia — a META, empresa que alberga as redes sociais como o Facebook, Instagram, WhatsApp, entre outras plataformas menos conhecidas.

META

A META difere da Google. Nas plataformas da META, os utilizadores não estão propriamente à procura de algum produto ou serviço. São redes sociais onde os utilizadores partilham fotos, pensamentos, veem notícias… enfim, tudo o que está relacionado com entretenimento e socialização.

Mas, se as pessoas não estão à procura de nada em particular, por que razão a META é tão importante numa estratégia de Marketing Digital? É simples: porque tem um volume de pessoas incrível. Se hoje fosse um país, o Facebook seria um dos maiores do mundo e não há como virar as costas a isso. É, por isso, importante aproveitar todas as ferramentas de publicidade que a equipa de Zuckerberg desenvolveu ao longo dos anos e a transformou numa das empresas mais valiosas do mundo.

Tal como na Google, as ações de marketing digital nas plataformas da META envolvem uma quantidade de recursos muito elevada, pois necessitam de equipas especializadas em design gráfico (visto que estamos perante plataformas com uma forte componente visual), em criação e gestão de anúncios (que apresentam um leque de opções, onde podemos optar por fazer anúncios com várias finalidades distintas), escrita e em gestão das próprias redes sociais. O objetivo é que, em conjunto, as equipas desenvolvam uma estratégia pensada em aumentar o número de seguidores das páginas de negócios bem como o engajamento dos utilizadores.

Parecia simples? Nada mais errado. Os dois gigantes do mercado só o são porque fornecem ferramentas incontáveis de divulgação digital que, se utilizadas corretamente, podem revolucionar muitos negócios.

A wisdom IGNITE dispõe de uma equipa que presta serviços de marketing digital integrados, e que está preparada para fazer face aos desafios constantes apresentados no mundo online. Contacte-nos para levar o seu negócio mais longe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.